Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

Os reservatórios hidrelétricos do subsistema Sudeste/Centro-Oeste devem terminar novembro com armazenamento de 66,3%, de acordo com dados do Programa Mensal da Operação, divulgados nesta sexta-feira, 10 de novembro. A região Sul deve terminar o mês com 97,1%, enquanto Norte tem a expectativa de volume mais baixa, de 46,2% ao fim do mês. No Nordeste, a projeção é de 49,2%.

A previsão mensal de Energia Natural Afluente no SE/CO é de 27.540 MW med, o mesmo que 88% da Média de Longo Termo. No Sul, a ENA deverá ficar em 40.766 MW med, o equivalente a 437% da MLT. No Nordeste os 2.253 MW med correspondem a 43% da MLT, enquanto no Norte a estimativa é de 2.107 MW med ou 52% da MLT.

Para a carga do Sistema Interligado Nacional é projetada uma variação de 11% em novembro. A maior variação é identificada na região Norte, que terá o expressivo crescimento de 15,6%. A segunda maior fica com o SE/CO, que chegará a 12,1%, seguido por Nordeste e Sul, com 11.6% e 4,4%.

O despacho térmico na próxima semana operativa deve ser de 3.495 MW, todo por inflexibilidade. A maior parte ficará com a região Norte, de 1.176 MW, com o Sul vindo em seguida, com 1.160 MW. Para o SE/CO a previsão é de 1.155 MW. Já o Nordeste receberá apenas 4 MW vindos de térmicas. O Custo Marginal de Operação médio semanal permanece nulo em todos os subsistemas.