Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A Amazon anunciou seu primeiro parque eólico em escala no Brasil, com capacidade instalada de 49.5 MW e que deverá gerar 255GWh/ano de energia limpa por ano quando estiver em operação. O parque eólico é o segundo projeto de energia renovável da Amazon no Brasil, depois de anunciar um parque solar de 122 MW no ano passado. Ambos os projetos ajudarão a fornecer energia limpa para os datacenters e operações da Amazon e para as comunidades próximas, além de contribuir para o compromisso Climate Pledge da Amazon de atingir emissões líquidas zero em todas as suas operações até 2040.

A construção do novo parque eólico, localizado no Complexo Eólico do Seridó, já gerou cerca de 1.000 empregos no Brasil, e quase 50% deles foram preenchidos por trabalhadores de comunidades locais no interior do Rio Grande do Norte, de acordo com a desenvolvedora Elera Renováveis.

Durante a construção do parque eólico, um drone foi usado para instalar os condutores da linha de transmissão aérea para o parque eólico. As turbinas do parque eólico têm 150 metros de diâmetro. Quando estiver em operação, espera-se que o projeto ajude a evitar a emissão de 148.000 toneladas métricas de CO2. Além de gerar empregos, o desenvolvedor também ofereceu cursos de treinamento para qualificar os moradores locais para ajudar na construção.