Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A ABB Smart Buildings e a Samsung C&T fecharam um acordo global para fornecer conjuntamente soluções integradas e holísticas de automação de edifícios, distribuição confiável de energia e gestão de energia. A iniciativa segue-se a um acordo global separado assinado com a Samsung Electronics em abril de 2022 para impulsionar a tecnologia holística de edifícios residenciais inteligentes por meio da integração do ABB-free@home e do Samsung SmartThings.

O acordo assinala a intenção de integrar soluções holísticas de construção, tais como a plataforma de casa inteligente Homeniq da Samsung C&T, o sistema ABB-free@home® e o ABB i-bus® KNX que podem ampliar significativamente os potenciais serviços de casa e de construção sob uma ferramenta de gestão de propriedade. Podendo escolher entre a aplicação Homeniq, a aplicação ABB-free@home® e os painéis de parede ABB, isso permitirá aos residentes do edifício controlar todos os dispositivos de casa inteligente Samsung C&T e ABB a partir de uma única interface de usuário. Com o objetivo de responder à crescente procura dos clientes por produtos e soluções integradas, fáceis de usar e flexíveis, a parceria é mais um marco para permitir uma maior gestão de energia, menores custos de energia e melhor qualidade de vida.

Espera-se que a nova capacidade de gerenciar e monitorar todos os sistemas de rede de energia dentro das propriedades também diminua as taxas de conexão, reduzindo os picos de energia e acelerando o retorno sobre o investimento em equipamentos fotovoltaicos (PV).

Vale lembrar que os edifícios são responsáveis por 40% do consumo de energia e por 30% das emissões globais de gases de efeito estufa (GEE), mas as tecnologias em rápida evolução prometem proporcionar reduções significativas nesses níveis. O novo acordo com a Samsung C&T levará a mais iniciativas de inovação combinadas, com foco em uma parceria em uma plataforma de gerenciamento de propriedades recém-aprimorada. Após uma prova de conceito inicial desenvolvida no início deste ano na Coreia, outros projetos-piloto conjuntos estão sendo identificados na Europa, na Ásia e no Oriente Médio.