A Taesa divulgou o início da distribuição pública de 1,3 milhão de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, integrantes da 15ª emissão, em duas séries, com valor nominal unitário de R$ 1 mil, perfazendo o valor de R$ 1,3 bilhão.

As debêntures serão distribuídas em duas séries distintas, sendo 1 milhão da primeira série e 300 mil da segunda série. Os recursos captados por meio da integralização das debêntures serão utilizados para o resgate antecipado da 13ª emissão de debêntures simples e para investimento, pagamento futuro ou reembolso de gastos, despesas ou dívidas relacionadas aos Projetos Pitiguari, Tangará e Saíra.