Celesc lança nova etapa do projeto Banho de Energia na Serra Catarinense

Serão instalados mil sistemas recuperadores de calor com investimento de R$ 7,2 milhões

Em parceria com o governo do estado de Santa Catarina, a Celesc lançou na última segunda-feira, 5 de setembro, uma nova etapa do Banho de Energia. O projeto proporciona a instalação de sistemas para recuperação do calor de fogão a lenha para aquecimento de água em moradias rurais da região serrana de Santa Catarina. Com investimento de R$ 7,2 milhões do Programa de Eficiência Energética Celesc/Aneel, por meio do projeto serão instalados mil sistemas recuperadores de calor, beneficiando residências de comunidades carentes nos municípios de Bom Jardim da Serra, Cerro Negro, Lages, Painel São Joaquim, Urubici e Urupema.

O sistema utiliza o calor que seria desperdiçado pela chaminé para aquecer a água por meio de um sistema de trocador de calor utilizando serpentinas instaladas na própria chaminé. A água aquecida é armazenada em um reservatório térmico e pode ser distribuída para os chuveiros e torneiras. A eficiência do fogão é ampliada pelo retardo na liberação do calor enviado à chaminé, pelo maior tempo para a queima dos gases liberados pela lenha e pelo fato de a água ser aquecida apenas com o calor que seria desperdiçado através da chaminé, e não pelo calor retirado junto à chama na câmara de combustão. Esse aumento de eficiência permite a economia de lenha e a redução da emissão de particulados.

A invenção foi adotada como iniciativa para promover uso eficiente da energia e qualidade de vida pela Assessoria de Responsabilidade Social da Celesc, em 2016. Desde lá, o sistema foi implantado em 200 residências nos municípios de Caçador, Videira, Canoinhas, Mafra, São Joaquim e Lages, com apoio de extensionistas da Epagri.