Com previsão de investimento de R$ 12 bi, leilão de LT começa na BM&FBovespa

Serão leiloados 24 lotes que totalizam 6.500 quilômetros de linhas, passando por 20 estados brasileiros

Começou às 10h na BM&FBovespa, em São Paulo, o primeiro leilão de linhas de transmissão promovido pela Agência Nacional de Energia Elétrica neste ano.  Serão leiloados 24 lotes que totalizam 6.500 quilômetros de linhas, passando por 20 estados brasileiros, e acrescentam 10.560 MVA em capacidade de subestações. A Aneel estima que os empreendimentos demandarão R$ 12,2 bilhões em investimentos, com potencial de geração de 27.640 empregos diretos.
 
A soma das Receitas Anuais Permitidas máximas dos lotes é de R$ 2,5 bilhões. O concessionário vencedor terá direito ao recebimento, por 30 anos, da RAP pela prestação do serviço, a ser recebida a partir da operação comercial. As instalações deverão entrar em operação comercial no prazo de 36 a 60 meses a partir da data de assinatura dos contratos de concessão.
 
Segundo a Aneel, não podem participar do certame, como proponentes, as concessionárias de transmissão que tenham histórico de atrasos superior a 180 dias na entrada em operação de instalações de transmissão, considerando as obras concluídas nos últimos 36 meses. Se a diferença entre a menor oferta e as outras propostas for superior a 5%, vence o proponente da menor proposta. Se a diferença for menor ou igual a 5% ou se houver empate entre as menores ofertas, haverá rodada a viva-voz, na qual o leiloeiro poderá fixar valores mínimos de lance.