Usinas do complexo eólico São Bento do Norte conseguem entrar no Reidi

Eólica da Enel Green Power na Bahia também obteve aprovação

O Ministério de Minas e Energia aprovou na última quarta-feira, 24 de fevereiro, o enquadramento ao Regime Especial de Incentivos ao Desenvolvimento da Infraestrutura três usinas do complexo eólico São Bento do Norte, que fica localizado na cidade de São Bento do Norte, no Rio Grande do Norte. As EOLs São Bento do Norte I (24,2 MW), II (24,2 MW) e III (22 MW) serão construídas de janeiro de 2016 até 31 de dezembro de 2018. A EOL São Bento do Norte I e II vão custar, sem impostos, R$ 106,2 milhões sem impostos e a EOL São Bento do Norte, R$ 96,5 milhões, também sem impostos.

Outra usina que entrou no Reidi foi a EOL Ventos de Santo Abraão (BA -28MW), de propriedade da Enel Green Power. A usina fica na cidade de Morro do Chapéu e vai ser implantada de 16 de junho de 2016 até 24 de fevereiro de 2018. O custo de implantação da usina, sem a cobrança de impostos, será de R$ 100,8 milhões.