Tarifas da DME Distribuição terão aumento médio de 25,04%

Índice resultante da revisão tarifária é provisório. Ele será revisto em 2016, quando for recalculada a energia da UHE Machadinho

As tarifas da DME Distribuição terão aumento médio de 25,04% a partir de 28 de outubro, com efeito médio de 28,42% para os consumidores atendidos em alta tensão e de 22,05% para o segmento de baixa tensão. Os índices resultantes da quarta revisão tarifária da distribuidora são provisórios. O resultado definitivo será homologado pela agência em 2016, quando for feito o recálculo do valor da energia da hidrelétrica de Machadinho.

O preço do contrato bilateral de Machadinho, de  R$ 149,49/MWh, foi questionado por representantes dos consumidores da empresa. A distribuidora é um dos sócios do empreendimento. A agência reguladora vai recalcular em 180 dias o valor da tarifa do empreendimento, que será aplicado de forma retroativa no próximo reajuste e pode resultar em revisão do valor atual para mais ou para menos.

A Aneel também definiu os limites dos indicadores de qualidade que medem a duração (DEC) e a frequência (FEC) das interrupções no fornecimento de energia para o período de 2016 a 2019. A concessionária municipal fornece energia para a cidade de Poços de Caldas, Minas Gerais.