Othon Pinheiro pede demissão da Eletronuclear

Atual diretor presidente interino Pedro Figueiredo será mantido no cargo

A Eletronuclear recebeu o pedido de demissão do diretor presidente Othon Luiz Pinheiro, que estava afastado em função das investigações da operação Lava Jato da Policia Federal. De acordo com comunicado, o pedido de desligamento foi justificado pelo ex-dirigente como sendo a melhor forma para que possa buscar a defesa de seus direitos, sem causar prejuízos aos interesses da Eletronuclear e preservar a independência dos procedimentos da investigação em curso. Em seu lugar fica o atual diretor presidente, Pedro José Diniz de Figueiredo.

O agora ex-presidente da Eletronuclear foi preso preventivamente na 16ª fase da Operação Lava Jato que apura irregularidades em contratos da subsidiária da Eletrobras na construção da usina de Angra 3.