Light moderniza iluminação de Santa Casa

Parceria de eficiência energética com a distribuidora conta com a substituição de lâmpadas antigas por LED e trará economia de 10,6% ao ano na conta de energia da instituição

Com recursos de mais de R$ 310 mil oriundos do Programa de Eficiência Energética, a Light anunciou que modernizou a iluminação da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro com a substituição das antigas lâmpadas por iluminação de tecnologia em LED. A atualização vai proporcionar uma programação de cores diferentes para as luzes externas, o que possibilita a utilização cênica para o prédio histórico. Mesmo com o toque moderno e eficiente da iniciativa, foi possível manter a beleza dos lustres decorativos do prédio da Santa Casa, que são tombados pelo Patrimônio Histórico, e também da Igreja Nossa Senhora de Bonsucesso, que faz parte do conjunto arquitetônico da Santa Casa, no Centro do Rio de Janeiro.

A Light divulgou que o projeto foi aprovado na 2ª. Chamada Pública de Projetos, realizada pela empresa, com recursos do Programa de Eficiência Energética da Aneel. O trabalho foi finalizado em outubro de 2017 com a instalação de iluminação em LED e programação de novas cores para a iluminação externa do prédio da entidade, como explica Roberto Musser, coordenador de Planejamento e Gestão de Eficiência Energética da Light.

“Em cerca de seis meses, trabalhamos no projeto, em que, além de economizar energia, foi possível aproveitar os lustres antigos e fazer o descarte adequado das lâmpadas anteriormente usadas. Foram trocados mais de dois mil pontos de iluminação, o que permitirá uma economia de energia de 10,6% ao ano.”

Para a Santa Casa de Misericórdia, como destaca Arlérico Miranda Jácome, diretor de Marketing e Comunicação da entidade, só o fato de a instituição participar de Programa já é um grande benefício: “A partir de agora, estamos mais próximos da cultura de eficiência energética. E o que resultar em economia financeira, certamente deverá ser empregado em outras demandas do hospital, e pretendemos voltar a ser referência na medicina do Rio de Janeiro e do Brasil”, destacou. Cabe lembrar que a Light também já implantou este projeto para a Santa Casa de Barra Mansa, entre outras instituições hospitalares.