Redução da garantia física de Itaipu vai diminuir as cotas da usina em 2018

Previsão de rateio entre as distribuidoras é de 6.876 MWmédios, considerando retirada de 896,143 MWmédios de carga da Ande

As cotas previstas para a hidrelétrica de Itaipu serão menores no ano que vem. A redução é consequência da revisão da garantia física estabelecida pelo Ministério de Minas e Energia, de 8,2 mil MWmédios para 7,7 mil MWmédios. Esse valor de energia assegurada pode eventualmente ser menor, já que o governo avalia a possibilidade de alterar a legislação para acabar com o limite de redução de até 5% a cada revisão, ou de 10% em todo o período da concessão.

A retirada dos limites está sendo considerada pelo MME, dentro da discussão que envolve alterações no funcionamento do Mecanismo de Realocação de Energia. As cotas previstas pela Agência Nacional de Energia Elétrica para o rateio proporcional entre as distribuidoras no ano que vem totalizam 6.876 MWmédios, valor resultante da retirada de 896,143 MWmédios da carga da Ande, a administradora do sistema elétrico do Paraguai.