Tradener se prepara para atuar no mercado de comercialização de gás natural

Empresa aguarda conclusão do processo de licenciamento ambiental para começar a negociar o insumo

A comercializadora de energia elétrica Tradener está prestes a se tornar uma das primeiras entre os seus pares a negociar gás natural no mercado livre. A empresa aguarda autorização do órgão ambiental para começar a vender, ainda em 2018, cerca de 30 mil metros cúbicos de gás por dia, proveniente de poços no distrito de Barra Bonita, município de Pitanga, no centro do Paraná.

A empresa está se preparando para a comercialização de gás natural no mercado livre há quatro anos, quando foi criada a diretoria especializada no setor de gás, disse Walfrido Avila, presidente da Tradener.

O ano de 2017 foi movimentado para o setor de gás natural, com o projeto “Gás para Crescer”, que está tramitando na Câmara dos Deputados, e pode mudar os rumos do segmento no país. A aprovação do projeto “Gás para Crescer”, principalmente no que diz respeito à abertura para o mercado livre, pode beneficiar diversos setores da economia, incluindo os consumidores.

“A Tradener apresentou contribuições para o projeto, por acreditar na competitividade e vantagens que a abertura do gás natural para o mercado livre pode trazer a todos, como a redução dos preços e tarifas”, disse Avila.