Leilão A-6 tem 60 GW cadastrados pela EPE

Maior parte dos projetos optaram por aproveitar o cadastramento oriundo do Leilão A-4 realizado em abril

A Empresa de Pesquisa Energética cadastrou 1.080 projetos, totalizando 57.959 MW de capacidade instalada para o leilão de energia nova A-6 deste ano, que está previsto para ser realizado em 31 de agosto e contará com projetos das fontes eólica, hidrelétrica e termelétrica a biomassa, carvão e gás natural.
Do total de projetos, 67% optaram por aproveitar o cadastramento oriundo do Leilão A-4 realizado em abril. Estes projetos foram dispensados da reapresentação da totalidade dos documentos, desde que mantidas inalteradas as características técnicas. De acordo com a EPE, este processo de aproveitamento de documentação vem sendo empregado nos últimos anos, e significa uma otimização do processo de análise técnica, diminuindo a necessidade de retrabalho e aumentando a eficiência do processo, tanto para os empreendedores quanto para a  EPE, o que permite um cronograma mais enxuto para o leilão.
A fonte eólica é a que mais cadastrou projetos com 926 empreendimentos, ou cerca 85% do total, que somam 27 GW em capacidade. As térmicas a gás natural são 36 plantas e uma capacidade de 27,6 GW. A terceira fonte que está na casa do GW em termos de capacidade é a de térmicas a biomassa, com pouco mais de 1 GW espalhados em 25 projetos.
Veja abaixo o detalhamento dos projetos cadastrados: