ONS confirma operação de 14 térmicas fora da ordem de mérito

Decisão de manter essas usinas ligadas foi tomada pelo CMSE na sexta-feira, 31 de agosto

O Operador Nacional do Sistema Elétrico informou em nota à imprensa que estão sendo despachadas fora da ordem de mérito 14 usinas termelétricas com Custo Variável Unitário acima do Custo Marginal de Operação (de R$ 472,16/MWh para o Sudeste/Centro-Oeste, Sul e Nordeste e de R$ 474,85/MWh para o Norte) para a semana entre 1º e 7 de setembro, até o limite de R$ 766,28/MWh. Este ultimo valor corresponde ao CMO da semana passada.

Na última sexta-feira, 31 de agosto, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico atendeu pedido do ONS e autorizou em reunião extraordinária a manutenção de um conjunto de térmicas que já estavam em operação, mas teriam de ser desligadas, conforme indicado pelo modelo de operação do sistema. É que com a redução do CMO para a semana operativa atual, essas usinas passariam a ser acionadas fora da ordem de mérito de custo, o que aconteceu a partir da zero hora de sábado, 1º.

Segundo o ONS, com o agravamento das condições hidrológicas durante o mês de agosto, especialmente nas regiões Sul e Sudeste, e a necessidade de exportação de energia do Sudeste para o Sul, foi necessário despachar térmicas acima do custo por garantia de suprimento energético. A continuidade da operação dessas usinas será analisada pelo CMSE na reunião mensal da próxima quarta-feira, 5.