Neoenergia inicia oferta de green bonds buscando captar R$ 1,3 bi

Início das negociações na bolsa de valores de São Paulo (B3) está programado para a próxima quinta-feira (18/7) e o encerramento da oferta acontece em 23 de julho

A Neoenergia deu início nesta terça-feira, 16 de julho, a oferta de debêntures verdes (green bonds) com o objetivo de captar R$ 1,29 bilhão. Os recursos líquidos serão destinados para o pagamento futuro ou reembolso de gastos incorridos pela companhia nos últimos dois anos relacionados ao desenvolvimento, construção e operação de usina hidrelétrica, parques eólicos e ativos de transmissão. O início das negociações na bolsa de valores de São Paulo (B3) está programado para a próxima quinta-feira (18/7) e o encerramento da oferta acontece em 23 de julho.

A emissão será feita em duas séries, sendo a primeira com juros remuneratórios de 4.07% ao ano e vencimento em 15 de junho de 2029 e a segunda com juros remuneratórios de 4,22% e vencimento em 15 de junho de 2033. Essa é a 6º emissão de debêntures da Neoenergia. Cada título terá valor unitário de 1 mil. Serão emitidas 1.294.499 debêntures. O banco coordenador líder da emissão é o BB Investimento.

A certificação de debêntures verdes foi concedida pela consultoria especializada Sitawi, com base nas diretrizes do Green Bond Principles. Isso significa que o recurso será aplicado em projetos que contribuam positivamente para redução do aquecimento global.

(Nota da Redação: matéria alterada às 12:04 horas do dia 17 de julho de 2019 para correção do destino da captação)