Aneel aprova compra de LT da Quebec pela Terna

Agência concedeu anuência prévia à operação para controle societário da transmissora Linha Verde I, numa operação que deve ser concluída em até 120 dias

A superintendência de fiscalização econômica e financeira da Aneel concedeu anuência prévia à transferência de controle societário da Transmissora de Energia Linha Verde I, que passará a ser controlada 83% pela Terna Plus S.R.L. e 17% pela Construtora Quebec. A aquisição foi aprovada pelo Cade na semana passada. A SPE responde pela linha de transmissão Governador Valadares 6 – Mutum C2, com 165 km de extensão em Minas Gerais, empreendimento relativo ao lote 7, do leilão de LTs realizado em dezembro de 2017.

Segundo o órgão regulador, o prazo para implementação da operação é de até 120 dias, e a empresa adquirida deverá enviar à Superintendência da Agência uma cópia autenticada dos documentos comprobatórios da formalização da operação, no prazo de até 30 dias a contar a partir da data de sua efetivação. A Terna ainda aguarda pela autorização da Aneel quanto a outra LT comprada junto a Linha Verde II, pertencente ao Lote 8.