Energisa vai modernizar Iluminação Pública de cinco municípios no MT

Projetos foram selecionados nas Chamadas Públicas realizadas pela empresa, e contarão com um aporte total de R$ 9 milhões para troca de 5,4 mil lâmpadas antigas pela tecnologia LED até 2020

As vias públicas de cinco cidades do Mato Grosso ficarão mais iluminadas ainda neste segundo semestre do ano. Mirassol D’Oeste, Cáceres, Santo Antônio do Leverger, Cuiabá, e Dom Aquino serão contempladas pelo Programa de Energia Eficiente da Energisa na região, que prevê a instalação de lâmpadas de LED na Iluminação Pública das cidades, que receberão um aporte total de R$ 9 milhões para efetivação dos projetos. As novas lâmpadas conseguem iluminar mais espaço por mais tempo e ainda economizam energia.

Segundo a Energisa, mais de 5,4 mil pontos de luz serão substituídos até agosto de 2020 nas ruas e avenidas das cidades. A expectativa é que sejam economizados cerca de 3,4 MWh/ano. A analista de Inovação da equipe de Eficiência Energética, Monique Gomes Pereira, que acompanha os projetos nas prefeituras, afirmou também ser muito importante falar que as lâmpadas antigas são todas encaminhadas para o descarte ecologicamente correto. “Ou seja, será descartada de forma que não impacte negativamente no meio ambiente”, explica.

Ainda neste ano, mais duas cidades – Rondonópolis e Confresa – terão investimentos da Energisa Mato Grosso para modernização da iluminação das vias públicas. O município de Araputanga já teve o projeto realizado no primeiro semestre e conta com o novo material instalado nas ruas selecionadas pela prefeitura, que detém a responsabilidade sobre esse serviço. No caso para receber esse investimento, as prefeituras dos locais citados participaram da Chamada Pública para projetos de Eficiência Energética de 2018 e da primeira de 2019. Todos estão incluídos no Programa de Energia Eficiente, executado pela Energisa e regulado pela Aneel. Só neste ano, a Energisa Mato Grosso destinará R$ 27 milhões em projetos de eficientização em todo o Estado.

As reuniões de lançamento e alinhamento do projeto aconteceram em Cuiabá, na sede da Energisa Mato Grosso, em agosto. Nela, representantes da concessionária e das prefeituras alinharam detalhes sobre prazos, contrato e tecnologia utilizada na nova Iluminação Pública. O prazo para encerramento varia de acordo com o projeto apresentado e as ruas e avenidas foram selecionadas pelas prefeituras.