Reajuste de 21 cooperativas é aprovado pela Aneel

Novos índices serão aplicados a partir de 30 de setembro

A Aneel aprovou o reajuste tarifário anual de 21 cooperativas de eletrificação localizadas nos estados de Santa Catarina e São Paulo, com data de aniversário em 30 de setembro. Para a maioria delas, o efeito médio a ser percebido pelo consumidor é de 10%, mas os impactos são diferenciados para clientes atendidos em alta e em baixa tensão.

Confira a lista de cooperativas e os efeitos médios para o consumidor:

Cooperativa de Energização e Desenvolvimento Rural do Vale do Itariri – Cedri: – 0,21%
Cooperativa de Eletricidade Jacinto Machado – Cejama: 10%
Cooperativa Distribuidora de Energia Vale do Araçá – Ceraçá: 10%
Cooperativa de Eletrificação Braço do Norte – Cerbranorte 10%
Cooperativa de Prestação de Serviços Públicos de Distribuição de Energia Elétrica Senador Esteves Júnior – Cerej: 10%
Cooperativa de Eletrificação Rural Anita Garibaldi Ltda – Cergal: 10%
Cooperativa de Eletricidade de Grão Pará – Cergapa: 10%
Cooperativa de Eletricidade de Gravatal – Cergral: 10%
Cooperativa Fumacense de Eletricidade – Cermoful: 10%
Cooperativa de Eletricidade de Paulo Lopes – Cerpalo: 10%
Cooperativa de Eletrificação Sul Catarinense – Cersul:10,83%
Cooperativa de Energia Treviso – Certrel: 12,88%
Cooperativa Pioneira de Eletrificação – Coopera: 10%
Cooperativa Energética Cocal – Coopercocal:10%
Cooperativa de Eletrificação Lauro Muller – Coopermila: 10%
Cooperativa Regional Sul de Eletrificação Rural – Coorsel: 10%
Cooperativa de Energização e Desenvolvimento do Vale do Mogi – Cervam: 10%
Cooperativa de Eletricidade de São Ludgero – Cegero: 10%
Cooperativa de Distribuição de Energia Elétrica Salto Donner – Cersad: 10%
Cooperativa de Distribuição de Energia Elétrica Santa Maria – Codesam: 10%
Cooperativa de Distribuição de Energia Elétrica – Cooperzem: 10%