Vendas da Copel Distribuição registram alta de 1,6% no 3º trimestre do ano

Alta foi de 1,6% na comparação com 2018. Concessionária vendeu 7.342 GWh a um total de 4,69 milhões de unidades consumidoras

A Copel Distribuição registrou, no terceiro trimestre de 2019, uma alta de 1,6% no consumo de energia elétrica do mercado cativo, dos consumidores livre situados na área de concessão da empresa e das concessionárias do estado do Paraná. A distribuidora vendeu 7.342 GWh, a um total de 4,69 milhões de unidades consumidoras, segundo comunicado ao mercado divulgado nesta quarta-feira (23).

O crescimento se deve muito ao consumo do mercado livre entre julho e setembro, que saltou 6,6% como resultado do avanço da produção industrial do Paraná. Os setores que mais contribuíram para o aumento do consumo de energia foram os de fabricação de produtos alimentícios, fabricação de veículos automotores, reboques e carrocerias e fabricação de produtos químicos.

As vendas para o mercado cativo da companhia no terceiro trimestre caíram 1,2% no período e fecharam em 4.667 GWh, fruto principalmente da forte diminuição 12,8% do consumo na classe industrial em decorrência da migração de clientes para o mercado livre. Atualmente a classe industrial representa apenas 4,0% do consumo do mercado cativo, com 72.171 consumidores.

Já classe residencial consumiu 1.776 GWh entre julho e setembro, registrando um crescimento de 2,3%. O desempenho reflete o aumento de 2,0% no número de clientes. O consumo médio do segmento ficou em 155 kWh/mês, em comparação com o mesmo terceiro do ano passado. A classe comercial consumiu 1.083 GWh, redução de 0,6%.

O total de energia vendida pela Copel, composto pelas vendas da Copel Distribuição, da Copel Geração e Transmissão, dos complexos eólicos nos quais a empresa tem participação e da Copel Comercialização em todos os mercados, atingiu no período julho-setembro um total de 12.806 GWh, representando um crescimento de 12,0%.