Tarifas em Roraima ficarão 2,12% menores no início de novembro

Reajuste anual foi aprovado pela Aneel nesta terça-feira, 29 de outubro

As tarifas de energia elétrica em Roraima terão redução média de 2,12%, com efeito médio negativo de 2,34% para os consumidores atendidos em baixa tensão e de 2,12% para os de alta tensão. O reajuste anual da Roraima Energia foi aprovado pela Aneel nesta terça-feira, 29 de outubro, e será aplicado a partir de 1º de novembro.

Contribuíram para o resultado a retirada da tarifa de 10,97% em custos financeiros pagos pelos consumidores nos últimos 12 meses. Os custos de distribuição representaram 0,64% do reajuste; os encargos setoriais, 0,83% e a compra de energia 5,60%. Foi incluído ainda 1,79% em componentes financeiros.

A aquisição de energia representa 66,9% dos custos da distribuidora, sem incluir tributos, e 55,4% com tributos. Com o reajuste, a tarifa residencial vai passar de R$ 634,62/MWh para R$ 617,77/MWh.

A distribuidora atende 164 mil unidades consumidoras nos 15 municípios de Roraima, único estado ainda não conectado ao Sistema Interligado Nacional. Como a empresa não entrou no rateio dos custos da Conta ACR, o pagamento antecipado do saldo devedor do empréstimo feito para equilibrar o caixa das distribuidoras não entrou no cálculo do reajuste.