Investimentos da Eletrobras devem chegar a R$ 750 milhões no quarto trimestre

No ano, investimentos devem somar R$ 2,5 bilhões, abaixo do necessário para manter liderança no setor

A Eletrobras deve investir cerca de R$ 750 milhões no quarto trimestre deste ano. Os investimentos até o fim do ano devem chegar a R$ 2,5 bilhões. De acordo com o presidente da empresa, Wilson Ferreira Junior, a empresa já investiu até setembro cerca de R$ 1,75 bilhão. Para o ano que vem, ele acena com investimentos de R$ 3 bilhões a 4 bilhões, já que a situação financeira da estatal melhorou consideravelmente.

A necessidade de investimentos para manter a posição de liderança no setor elétrico é a base do processo de privatização da Eletrobras. Em teleconferência realizada nesta terça-feira, 12 de novembro, Ferreira Junior, mostrou que ela deveria investir  R$ 3,3 bilhões, mas que não vai chegar a esse número. Dentre os investimentos que foram adiados estão reforços e melhorias de ativos transmissão na Chesf e em Furnas, manutenção na transmissão dessas empresas, o replanejamento na UTE Santa Cruz e as usinas de Angra 3 e o linhão que conecta Boa Vista ao Sistema Interligado Nacional.

O processo de privatização da Eletrobras deve acontecer no segundo semestre. O presidente da empresa não mostrou temor que eventuais mudanças no congresso modifiquem o PL de privatização e reduzam a atratividade da estatal. A empresa espera até o fim do ano concluir a venda de 39 SPEs restantes.

No próximo leilão de LTs, apenas Furnas poderá participar. Ela fez uma chamada pública, mas ainda dependerá de aprovação do conselho. As demais controladas estão impedidas de participar.