Copel fará três leilões para compra energia no ACL

Contratos variam entre 12 e 14 anos de suprimento, operação viabilizará novos projetos de fonte solar e eólica

A Copel Energia, braço de comercialização do grupo Copel, divulgou nesta sexta-feira, 10 de janeiro, edital para contratação de energia de novos empreendimentos de fontes solar e eólica no mercado livre. Serão realizadas três chamadas públicas ao longo deste ano, com contratos variam entre 12 e 14 anos de suprimento.

O primeiro leilão será realizado dia 14 de fevereiro; o segundo em 17 de abril e o terceiro em 21 de setembro de 2020, todos antes dos leilões de energia agendados pelo Governo Federal para este ano. Poderão participar novos projetos ou empreendimentos que eventualmente ainda não entraram em operação comercial.

“Esse produto é diferenciado em relação ao que mercado tem feito. Estamos lançando um edital prevendo três etapas em 2020, muito semelhante ao que o Governo Federal tem feito para o mercado regulado”, disse o presidente da companhia, Franklin Miguel, explicando que o objetivo é dar previsibilidade para os geradores.

Clique aqui para ler a íntegra do edital.