Celesc registra crescimento de 4,3% no consumo de 2019

Classe residencial apresentou demanda 6,3% e a industrial avançou 2,6% considerando o ambiente regulado e livre

O consumo de energia na área de concessão da Celesc aumentou 4,4% no quarto trimestre do ano passado. Esse índice está pouco acima do reportado pela empresa em comunicado publicado há pouco no site da Comissão de Valores Mobiliários. A empresa catarinense informa que o consumo consolidado no ano de 2019 aumentou 4,3%, alcançando 25.490 GWh. A demanda originada no mercado cativo avançou 3,6% e de consumidores livres 5,4%.
No mercado total o destaque se deu para a classe residencial que no ano avançou 6,3% quando comparado com os dados de 2018. O consumo industrial cresceu 2,6% no consolidado (queda de 3% no ACR e crescimento de 4,5% no ACL). Já o comercial avançou nos dois ambientes, 4,1% no regulado e 12% no livre. O rural caiu 16,5% no cativo e aumentou 3,2% no livre. No total do ano, o suprimento de energia pela rede da Celesc aumentou 22,5%.