Aneel aprova operação de 145,7 MW solares no Piauí

Parecer da agência envolve três usinas, além de eólica no RN e térmica de 28 MW no estado de São Paulo

A Agência Nacional e Energia Elétrica deu provimento à Enel Green Power e deliberou a operação comercial de três usinas de geração solar no Piauí, na cidade de São Gonçalo do Gurguéia, denominadas São Gonçalo 1, 2 e 21, e que somam um total de 145,7 MW, divididos respectivamente em 45,7 MW, 50 MW e 50 MW.

O órgão regulador também aprovou a operação da eólica Ventos de Vila Ceará II, com vistas à exploração de quatro aerogeradores de aproximadamente 3,4 MW de potência, totalizando 13,8 MW de capacidade no município de Serra do Mel, no Rio Grande do Norte. Outro provimento foi para a empresa Viralcool – Açúcar e Álcool Ltda, que poderá operar a termelétrica Viralcool, com uma unidade geradora de 28 MW em Pitangueiras, estado de São Paulo.

Por fim, a Aneel também liberou para testes uma unidade de 6 MW da UTE Tabu, localizada no município de Caaporã, na Paraíba, e de titularidade da empresa Agro Industrial Tabu S.A. O novo ponto gerador substituirá outro de 4,2 MW no mesmo empreendimento.