Enel chega a 20 mil equipamentos de telecontrole no país

Tema recebeu R$ 870 milhões em investimentos nas distribuidoras de SP, RJ, GO e CE

As distribuidoras de energia da Enel no Brasil fecharam o ano de 2019 com cerca de 20 mil equipamentos telecomandados instalados na rede elétrica, um aumento de 17% em relação ao ano anterior. O projeto contempla investimentos de cerca de R$ 870 milhões de reais nas distribuidoras de São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás e Ceará.

De acordo com a empresa, a tecnologia do telecomando permite a identificação, de forma mais ágil e remota, de possíveis falhas na rede elétrica, causadas majoritariamente por fatores externos à rede, como queda de árvores sobre a fiação, descargas atmosféricas ou batidas de veículos em postes. Com os equipamentos telecomandados, é possível religar remotamente em alguns minutos o serviço para grande parte dos clientes afetados pela interrupção, tornando o restabelecimento mais eficiente e reduzindo o número de clientes sem energia.

Já aplicada com sucesso nas distribuidoras do Grupo Enel na Itália e na Romênia, a tecnologia do telecontrole começou a ser utilizada no Brasil em 2013 e tem contribuído para automatizar a rede elétrica das distribuidoras da Enel no Brasil.