Pandemia leva EPE a alterar tramitação para ambiente digital

Planejador está com quase a totalidade de empregados trabalhando em regime remoto e informou que trâmites para os leilões ocorrerão via e-mail

A Empresa de Pesquisa Energética está quase em sua totalidade atuando de forma remota desde a segunda-feira, 16 de março. Inclusive, a parte final das análise de projetos cadastrados para os leilões de energia existentes, A-4 e A-5 de abril foram concluídos e os ofícios enviados aos empreendedores de forma eletrônica, dentro do prazo. O presidente da EPE, Thiago Barral contou que o processo foi iniciado no dia 11 e avançou progressivamente até o momento atual.
Barral destacou que as atividades da empresa não foram afetadas, mesmo com o home office. “As atividades da EPE seguem normalmente. A grande maioria dos nossos colaboradores segue jornada de trabalho em casa, usando Skype e similares para manter a realização de reuniões e coordenação. Eventos como workshops devem ser convertidos para plataforma digital. Seguimos a agenda de reuniões com MME, CCEE, etc, também por meio de Skype ou similares. Amanhã terei reunião do Conselho de Administração da EPE, totalmente virtual. As reuniões da diretoria executiva também serão realizadas dessa maneira”, relatou ele à Agência CanalEnergia.
No primeiro dia, a EPE apresentou as primeiras orientações a seus empregados quando à prevenção do contágio do novo coronavírus, incluindo alerta a quem retornasse de viagens internacionais e àqueles que porventura tivessem os sintomas da Covid-19. Também informou sobre medidas de higienização. No dia seguinte, relatou, foram tomadas  entre outras medidas, a restrição de viagens internacionais e nacionais, bem como a participação em eventos, recebimento de delegações.
“Nesta ocasião, solicitamos àqueles que pudessem ser enquadrados em grupo de risco para a Covid-19 informassem à Superintendência de Gestão de Pessoas, para apoio a novas medidas de contingenciamento.” O foco nesse caso ficou com pessoas com histórico de doenças respiratórias, com contato direto com idosos ou crianças em casa.
A EPE montou uma sala de crise para discutir as operações em um encontro que ocorreu via internet em teleconferência. Então foi determinado o trabalho remoto a partir da segunda-feira passada para todos que se enquadrassem em grupo de risco, coabitassem com pessoas em grupo de risco ou que necessitassem permanecer em sua residência para cuidados com os filhos.
No dia posterior ampliou ao máximo o trabalho remoto, de forma a manter nas suas dependências apenas o efetivo estritamente necessário para continuidade dos processos críticos. Para isso foram emitidas credenciais para acesso às vagas de garagem para evitar necessidade de uso de transporte público por aqueles que tenham veículo próprio. Conforme o cronograma de redução de trabalho na sede, ainda constaram a diminuição de efetivo de terceirizados ao mínimo necessário.
“Com base no exposto, informamos que a EPE implementou, com devida segurança de TI e com todo o respaldo jurídico e administrativo, a migração para regime de trabalho remoto de praticamente todo o efetivo, mantidas no Escritório-Central apenas as atividades essenciais para a continuidade das atividades da empresa. Não houve, até o momento, interrupção de atividades finalísticas da EPE”, afirma.
Tramitação digital
Aos investidores, a EPE divulgou um comunicado no qual informou que os ofícios de inabilitação passaram a ser enviados via e-mail que serão enviados entre os dias 19 e 20 de março, quinta e sexta-feira para os Leilões de Energia Existente programados para o final de abril na modalidade A-4 e A-5.
Da mesma forma, apontou a EPE, “é muito importante destacar que os recursos administrativos que vierem a ser interpostos deverão ser enviados exclusivamente por e-mail, em resposta direta ao enviado pela EPE com sua inabilitação. Pedimos atenção ao tamanho dos arquivos a serem enviados”.
E continua ao afirmar que as ações permitem a continuidade dos trabalhos de forma remota como uma resposta à situação com a covid-19. E isso, tanto para a EPE quanto para os investidores interessados.