AES e Eneva têm primeira reunião sobre fusão de negócios

Na reunião, a Eneva fez uma apresentação institucional

A AES Tietê, geradora de energia renovável, se reuniu na última quinta-feira, 19 de março, com executivos da Eneva, geradora térmica e produtora de gás natural, para discutir a combinação dos dois negócios. Na reunião, a Eneva fez uma apresentação institucional.

A Eneva apresentou uma proposta para a combinação dos negócios com a AES Tietê Energia. A operação prevê uma troca de ações e uma parcela paga em dinheiro de R$ 2,75 bilhões. O valor total da oferta da Eneva soma R$ 6,9 bilhões.

A empresa combinada terá ativos diversificados, sendo 41% hidrelétricos, 43% térmico, 11% eólico e 5% solar, totalizando uma capacidade instalada de 6.4 GW em 2024.

“A companhia continua trabalhando diligentemente na avaliação da proposta com base em informações públicas e, tão logo se apresente uma estrutura definida para sua implementação, avançará, juntamente com seus assessores, na análise de sua estrutura e seus méritos, em cumprimento do dever fiduciário da administração”, comunicou a AES Tietê.