Aprovação de edital de leilões é adiada pela Aneel

Governo ainda não anunciou oficialmente o adiamento dos certames previstos para o primeiro semestre

Os editais dos leilões de energia existente e  de transmissão previstos para acontecer até o início do segundo semestre deste ano foram, novamente,  retirados de pauta  pela Agência Nacional de Energia Elétrica. Eles  estavam entre os processos da reunião desta terça-feira, 24 de março. O governo ainda não anunciou oficialmente o adiamento dos certames, que estariam mantidos por enquanto, segundo o Ministério de Minas e Energia.

Para o primeiro semestre, estão marcados os leilões de energia existente A-4 e A-5, que ocorreriam em 30 de abril, segundo o cronograma. O edital com as regras dos dois certames teria que ser aprovado com pelo menos 30 dias de antecedência, o que em tese coloca o dia 31 (próxima terça-feira) com data limite para aprovação do documento.

Está previsto também um terceiro leilão, o A-4 de energia nova, cuja data é 28 de maio. O edital do certame, no entanto, não estava na pauta da reunião da Aneel de amanha. Já o leilão de transmissão, que saiu de pauta, está marcado para 10 de julho, já no inicio do semestre que vem.