Cemig adianta férias e compensação de horas em meio ao efeito Covid-19

Medida visa resguardar saúde e segurança dos colaboradores e reduzir os impactos da disseminação do coronavírus nas operações da companhia

Nas últimas semanas, a Cemig – assim como a maioria das elétricas – vem adotando diversas medidas para garantir a saúde e segurança de seus colaboradores em meio à pandemia do novo coronavírus, visando certificar o pleno atendimento aos clientes e à manutenção das operações essenciais para o fornecimento de energia elétrica. Como mais uma dessas ações, a empresa decidiu adiantar as férias individuais e folgas via banco de horas para os empregados que possuem o saldo. As medidas são necessárias para ajustar o quadro de empregados à demanda de serviços da empresa.

Serão priorizadas as férias e compensações para aqueles colaboradores do quadro administrativo, respeitando o quórum mínimo de cada setor para que as atividades essenciais não sejam prejudicadas. De acordo com a concessionária, os atendimentos aos consumidores não sofrerão impactos, e as equipes de campo continuarão atuando para a garantia da continuidade do fornecimento de energia e segurança do sistema elétrico.

Segundo Brunno Viana, gerente de Relações Trabalhistas e Internas da Cemig, essa é mais uma decisão que preserva tanto a força de trabalho quanto à companhia, “inclusive dando oportunidade à boa parte dos empregados a se dedicarem às suas famílias em tempo integral, neste momento tão delicado”, afirma. A ação está em consonância com a Medida Provisória (MP) 927, de 22 de março de 2020. A empresa também salientou que, além de não impactar o atendimento aos clientes, a ação irá otimizar a força de trabalho para que a distribuidora possa trabalhar com força total no período pós crise.