Eletronorte adota solução da Voith para monitoramento de máquinas de Belo Monte

Sistema de monitoramento vai permitir detecção antecipada de problemas na manutenção

A Eletronorte já está usando o sistema de monitoramento Voith OnCare.Health Hydro na UHE Belo Monte, localizada em Altamira, no estado do Pará. Comissionado em 2019, o sistema oferece análises de dados e diagnósticos altamente precisos de todo o maquinário, além do monitoramento em tempo real de diferentes componentes da usina. O sistema abre caminho tanto para a detecção precoce de problemas como a manutenção baseada na condição.

A Voith é parceira de longa data da Eletronorte. Como parte de um contrato de serviços, a Voith se responsabilizou pelo monitoramento contínuo dos dados das máquinas da usina baseado em seu sistema OnCare.Health Hydro. Angelo Torres Madureira, engenheiro de manutenção mecânica da Eletronorte, revelou nunca ter visto um sistema tão fácil de operar, confiável e com um volume de dados tão extenso como o OnCare.Health Hydro

Os especialistas da Voith cuidaram de toda a implantação do sistema – desde a instalação do software na usina até sua configuração e testes. No total, foram integrados 6.000 sinais de monitoramento provenientes das diversas máquinas e componentes da usina. Por fim, a equipe da Voith inspecionou e fez o ajuste fino de todo o hardware instalado.
Apesar do cronograma extremamente apertado, a implantação correu muito bem e os especialistas da Voith conseguiram conectar e integrar uma grande variedade de sinais no sistema de monitoramento OnCare.Health Hydro – desde vibrações, entreferro e descargas parciais até dados provenientes da subestação isolada a gás e do transformador.

Os operadores da Eletrobras Eletronorte já podem correlacionar informações entre os diferentes grupos geradores usando uma exclusiva ferramenta de visualização. Além disso, eles ganharam acesso a novas informações acionáveis, o que lhes permitiu aumentar seu conhecimento sobre as máquinas. Entre os benefícios, estão incluídos o menor risco operacional, a maior disponibilidade da máquina e a simplificação das inspeções de manutenção. Esse aumento de eficiência vai resultar em aumento de eficiência, subindo na produtividade e queda nos custos.