Projeto para startups no RJ é selecionado para aceleração global

Programa do MIT escolheu iniciativa da Coppe/UFRJ e Furnas sobre novo ambiente de fomento à energia e sustentabilidade no estado

Um projeto de inovação e empreendedorismo apoiado pela elétrica Furnas acaba de ser selecionado para o REAP, programa de aceleração coordenado pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). A iniciativa do Laboratório de Inovação Tecnológica (LabrInTOS) da Coppe/UFRJ tem o objetivo de estimular a criação e desenvolvimento de startups focadas nos setores de energia e sustentabilidade, por meio da aplicação da metodologia do MIT REAP aos atores e contexto locais.

O projeto conta com um aporte de R$ 3,2 milhões para sua implementação, com a estatal de energia desembolsando R$ 1,3 milhão desse valor. O restante será aplicado por empresas do setor e orçamento da União. A expectativa é atrair cerca de R$ 200 milhões em novos investimentos para o estado do Rio de Janeiro, incluindo inversões em startups, projetos de P&D e difusão de novas tecnologias.

A cada ano o REAP seleciona até oito regiões do mundo para um programa de treinamento com dois anos de duração. O projeto selecionado deve engajar, desde o envio da proposta, os atores previstos pela metodologia: universidades, corporações, governo, empreendedores e investidores de venture capital, também conhecido como capital de risco ou capital empreendedor.