CADE autoriza fundo a comprar ações de usina eólica da Eletrobras

FIP Pirineus, controlado pela Tradener, negocia a aquisição de 49% de capital total da usina eólica Mangue Seco 2

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) autorizou a negociação entre o fundo de investimentos FIP Pirineus, controlado pela Tradener, e a Eletrobras. A operação consiste na venda, por parte da estatal, de 49% de capital total da usina eólica Mangue Seco 2 (26 MW), localizada em Guamaré, no Rio Grande do Norte, para o FIP. O valor do negócio não foi revelado no despacho publicado no Diário Oficial da União nesta quarta-feira, 26 de agosto.

O FIP Pirineus busca comprar 17.322.936 ações ordinárias da Eólica Mangue Seco 2. O controle da usina é da Petrobras, com 51% do capital. Os cotistas do FIP Pirineus são controladores do Grupo Tradener, que possui atuação no setor de energia elétrica, na compra e venda, intermediação de negócios, representação e gestão de agentes geradores e consumidores livres.

O FIP Pirineus é um fundo de investimento em participações, no qual iniciou suas atividades em setembro 2015 e possui o objetivo de investir no setor de energias renováveis e de transmissão, gás e correlatos. Atualmente, o FIP Pirineus possui investimentos em usinas eólicas, pequenas centrais hidrelétricas e empresas voltadas para o desenvolvimento de tecnologia para geração sustentável de energia elétrica.