Neoenergia recupera 3,5 milhões de kWh em quatro estados

Ação policial em parceria com a Neoenergia na Bahia Pernambuco, Rio Grande do Norte e Mato Grosso do Sul contabiliza 12 pessoas detidas por furtos ou fraudes de energia elétrica

Uma megaoperação conjunta contra desvios milionários de energia elétrica mobilizou equipes policiais de quatro estados ao longo da última terça-feira (15). No total, 23 empreendimentos de setores produtivos situadas na Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Mato Grosso do Sul foram alvos da ação realizada em parceria com a Neoenergia, com mais de 3,5 milhões de kWh de energia recuperados.

Nas ações, 12 pessoas foram autuadas em flagrantes ou encaminhadas para prestar esclarecimentos. Segundo a empresa, a investigação policial foi desencadeada a partir de denúncias apresentadas pelas distribuidoras do grupo, com a operação simultânea nas regiões focando na indústria do ramo de laticínio, fábricas de cerâmica, comércios e propriedades rurais.

A Bahia concentrou a maioria dos alvos, com os peritos criminais e agentes da polícia civil do estado identificando furto de energia em 12 propriedades – grandes fazendas de irrigação e plantação de café e cultivo de camarão nos municípios de Juazeiro, Valença, Teixeira de Freitas, Paulo Afonso e Senhor do Bomfim.

Em Pernambuco, a perícia identificou desvio de energia em uma fábrica de artefatos cerâmicos, na cidade de Lagoa de Itaenga. No Rio Grande do Norte, as ligações clandestinas foram encontradas em uma fazenda de beneficiamento de leite localizada no Sítio Fechado, zona rural de Florânia, Região do Seridó, e em bares da praia de Genipabu, no município de Extremoz, na Grande Natal.

Já no Mato Grosso do Sul foram registradas cinco fraudes em três fábricas de cerâmicas e em dois comércios da cidade de Brasilândia, numa ação que recuperou 450.000 kWh, energia suficiente para abastecer 2.620 residências durante um mês.