Hélvio Guerra é nomeado para a Aneel

Aprovado pelo Senado no mês passado, o novo diretor terá mandato até maio de 2022

O engenheiro eletricista Hélvio Neves Guerra foi nomeado para o cargo de diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica na vaga deixada pelo atual secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia Rodrigo Limp. Guerra vai ocupar a função até 24 de maio de 2022, no período remanescente do mandato do ex-diretor, que renunciou ao cargo em março desse ano.

A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União, e a Aneel informou que ainda vai definir a data da cerimônia de posse.

Guerra foi sabatinado na Comissão de Infraestrutura do Senado em 19 de outubro e teve a indicação aprovada no dia seguinte no plenário da casa. Com longa experiência acadêmica e profissional, que inclui uma passagem de 18 anos pela agência reguladora, ele ocupava o cargo de secretário adjunto de Planejamento e Desenvolvimento Energético do MME.

Na Aneel, o diretor nomeado exerceu o cargo de superintendente nas áreas de Estudos e Informações Hidrológicas, de Licitações e Controle de Contratos, de Concessões e Autorizações de Geração e de Fiscalização dos Serviços de Geração. Entre 2006 e 2010 presidiu a Comissão Especial de Licitações da autarquia, responsável pelos leilões de geração e transmissão.