Celse é autorizada a exportar GNL por quatro anos

Cargas ociosas da companhia serão destinadas ao mercado de curto prazo

O Ministério de Minas e Energia aceitou a solicitação da Celse, aprovando a exportação de até 3 milhões de m³ de Cargas Ociosas de Gás Natural Liquefeito no mercado Spot, de curto prazo. A autorização vale até 31 de janeiro de 2024 e a matéria-prima deverá ser entregue por meio de navios metaneiros, com local de saída no terminal em Barra de Coqueiros (SE), onde está localizada a térmica de 1,5 GW da companhia.

Segundo a publicação, o MME poderá revogar o provimento em quatro situações: sempre que houver riscos ao pleno abastecimento do mercado interno de Gás Natural, em caso de extinção judicial ou extrajudicial da sociedade ou consórcio, ou mesmo seu simples requerimento, além do descumprimento da legislação aplicável.