Neoenergia inova com tecnologia MPLS

Projeto visa modernizar as redes de comunicação, dando maior qualidade e agilidade

A Neoenergia acaba de iniciar um projeto de modernização da rede própria de comunicação das suas quatro concessionárias, Coelba (BA), Celpe (PE), Cosern (RN) e Elektro (SP e MS). Pensando em garantir a confiabilidade e a segurança em um cenário de transmissão de dados cada vez maior e se antecipar à demanda que será gerada pela expansão das smart grids, será utilizada a tecnologia MPLS (Multi-Protocol Label Switching), uma solução de encaminhamento de dados multisserviços e mais eficiente.

Segundo a companhia, o MPLS se diferencia das tecnologias tradicionais por realizar o roteamento por meio de rótulos, tornando o encaminhamento dos pacotes de dados mais eficiente. Com essa tecnologia, a necessidade de processamento é reduzida e a comunicação é mais veloz. A tecnologia permite ainda dar mais segurança ao transporte dos dados nas comunicações operacionais e corporativas, por permitir o uso de redes virtuais privadas (VPN), que protege com criptografia a comunicação entre a origem e o destino, garantindo assim a integridade dos dados.

A Neoenergia informou que o projeto tem duração prevista de três anos e será iniciado em duas das suas distribuidoras no Nordeste. A primeira etapa, que deve ser concluída no fim de 2021, prevê a implantação da tecnologia na Celpe no trecho entre Recife e Caruaru, no Agreste pernambucano, e também na Cosern, na Região Metropolitana de Natal. Ao longo das outras fases, a Coelba e a Elektro serão beneficiadas pela modernização das redes.