Enel CE tem queda de 34,5% no lucro de 2020

Concessionária reportou ganhos de R$ 265,2 milhões, volume de energia vendida e transportada recuou 3,5%

A Enel Ceará reportou um lucro líquido de R$ 265,2 milhões no ano de 2020, queda de 34,5% na comparação com o resultado de 2019. O resultado ebitda ficou 16% menor nessa mesma base de comparação, a R$ 684 milhões. A receita bruta da distribuidora ficou em R$ 8,3 bilhões, aumento de 5,3%

O aumento, explicou a concessionária, decorre, principalmente, do reajuste tarifário médio, aumento de 3,94%, aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica em abril de 2020. Já a queda no lucro deriva do impacto da inadimplência e perdas, bem como maior esforço com iniciativas de manutenção e intervenções na rede elétrica, para melhoria de qualidade do serviço, registrados na linha ebit do balanço da empresa, que recuou 30,3%.

As perdas de energia atingiram 16,18%, aumento de 2,32 pontos porcentuais ante 2019, consequência, do agravamento da situação econômica no ano de 2020 e da redução no volume de energia injetada, explicou a Enel CE. As vendas e transporte de energia recuaram 3,5%, refletindo os impactos da pandemia de covid-19 e consequente deterioração da atividade econômica.

Os investimentos aumentaram 24,3%, para R$ 910,2 milhões, destinados principalmente à conexão de novos clientes, bem como à modernização e à digitalização da rede de distribuição. Com isso, a dívida líquida aumentou 6,7%, refletindo novas captações entre os períodos para financiar o maior volume de investimentos realizados no ano.