Copel adota sistema de gerenciamento desenvolvido pelo Cepel

Ferramenta facilita o trabalho do analista de perturbações usando oscilografias digitais

A Copel passará a utilizar o Sistema de Gerenciamento e Análise Automática de Oscilografias, desenvolvido pelo Cepel para análise de perturbações em sistemas elétricos de potência. O SINAPE.Net é uma ferramenta web que facilita o trabalho do analista de perturbações, possibilitando-lhe focar na análise do evento que impactou o sistema de potência, reduzindo a necessidade de realizar diversas tarefas repetitivas. Hoje, além de ser usado pelo ONS, dentro do sistema SPERT, o SINAPE.Net está presente em empresas como Furnas, Eletrosul, Light, Isa Cteep e Cemig, dentre outras companhias do setor.

De acordo com a Cepel, os procedimentos de rede do ONS, os barramentos de subestações e equipamentos elétricos primários da rede básica, incluindo linhas de transmissão, devem ser monitorados por sistema de oscilografia. São milhares de pontos e, quando ocorre um evento de caráter mais sistêmico, vários oscilógrafos são disparados simultaneamente, sendo gerada uma quantidade considerável de registros.

A fase de implantação do SINAPE.Net na Copel está prevista para durar até o final de abril, incluindo treinamento e configuração do banco de dados de topologia e oscilografia do SINAPE.Net. Espera-se que, com o sistema plenamente funcional, se consiga melhorar a qualidade das análises de ocorrências no sistema elétrico com reflexo direto na redução do desconto da Parcela Variável por indisponibilidade, principalmente de linhas de transmissão.