Energia sobe e IPCA-15 de março fica em 0,93%

Bandeira amarela impacta em aumento de 0,05 no grupo habitação e índice geral é o maior para o mês desde 2015

O grupo Habitação teve o segundo maior impacto no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), contribuindo com 0,71 ponto percentual para uma taxa de 0,93% em março, que mostra crescimento de 0,45 p.p em relação a fevereiro (0,48%), sendo o maior resultado para o mês desde 2015.

Dentro do segmento, o item energia elétrica apresentou alta de 0,05% frente à queda de 4,24% no mês anterior, influenciado pela bandeira tarifária amarela, que acrescenta R$ 1,343 na conta de luz a cada 100 quilowatts-hora consumidos. No Rio de Janeiro houve reajustes de 4,66% e de 4,50% nas concessionárias, em vigor desde 15 de março.