Climate Bonds lança critérios para projetos hidrelétricos sustentáveis

Eletrobras participou de um dos grupos de trabalho responsáveis por definir elegibilidade de usinas hídricas para certificação de títulos verdes

Com participação da Eletrobras em um dos grupos de trabalho, a Climate Bonds Initiative (CBI) definiu os critérios para elegibilidade de uma hidrelétrica na certificação de títulos verdes em todos os mercados, fornecendo a orientação necessária para o desenvolvimento de projetos da fonte capazes de garantir a resiliência as mudanças climáticas e otimizar a sustentabilidade.

Em 2016, a organização de apoio a investimentos verdes convocou um Grupo de Trabalho Técnico (TWG) e o Grupo de Trabalho da Indústria (IWG), formado por potenciais emissores de títulos, investidores e intermediários financeiros, visando criar e desenvolver respectivamente os discernimentos necessários para aportes nessas usinas. A Eletrobras participou como membro do IWG, representada por seu diretor de Geração, Pedro Luiz de Oliveira Jatobá, com o trabalho contando com o apoio representativo do Cepel.

O escopo da publicação se destina a iniciativas já em operação ou em estágio avançado de planejamento, sendo elegíveis centrais elétricas de fio d’água, de acumulação e com armazenamento por bombeamento; aplicações de tecnologia in-stream e linhas de transmissão existente dedicada a instalações elegíveis. O objetivo é que os projetos contribuam para limitar o aquecimento global, em linha com o Acordo de Paris (2015).