MVE bate recorde e comercializa mais de 1 GW médio

Mercado livre aquecido e sobra de energia nos contratos do mercado regulado permitiram atingir maior marca anual de transações

O Mecanismo de Venda de Excedentes bateu recorde anual de 1.031,2 MW médios negociados na rodada extraordinária do realizada na última terça-feira, 25 de maio. O mecanismo permite a comercialização do excedente de contratação de energia elétrica pelas distribuidoras.

O conselheiro da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) Marcelo Loureiro, conta que havia uma demanda do mercado pela realização deste processamento, que não estava previsto. “Mesmo ainda em fase de desenvolvimento do sistema para realizarmos as negociações mensais previstas para 2022, conseguimos realizar uma etapa extraordinária e que auxiliou os agentes interessados na negociação”.

Agora a CCEE pretende realizar um MVE extraordinário em julho de 2021 com vigência para o ano de 2022. Desde o processamento de dezembro de 2020 já foi contratado um montante total anualizado de 1.275 MW médios pelo MVE, um recorde desde sua regulamentação em 2018. Ao todo, mais de 3 mil ofertas foram feitas, sendo 24 por parte de vendedores e 2.994 pelos compradores.

“As distribuidoras conseguiram vender 90% da sobra de energia declarada. Isso é um montante significativo quando estas empresas analisam sua sobrecontratação para o período”, diz Luciana Lisboa, gerente executiva de Leilões e Mercado Regulado da CCEE.