Tarifa da Enel Distribuição SP sobe 9,44%

Aneel precisou desenvolver ações para reduzir parte do aumento tarifário que se observaria por conta da pandemia, inflação, condições desfavoráveis de geração hídrica e redução do consumo

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou o aumento da tarifa anual de 2021 da Enel Distribuição São Paulo com efeito médio percebido pelos consumidores em 9,44%, sendo 3,67% para os consumidores de alta tensão e 11,38% para os consumidores de baixa tensão. O reajuste passa a valer a partir de 4 de julho.

A relatora do processo, Elisa Bastos Silva, destacou que o reajuste tarifário anual de 2021 da Enel São Paulo ocorre em um momento de pressão tarifária “decorrente da conjuntura socioeconômica adversa trazida pela pandemia da covid, com indicadores inflacionários atingindo patamares elevados aliados a condições desfavoráveis de geração hídrica e redução de consumo”, disse.

A Aneel precisou desenvolver ações para mitigar parte do aumento tarifário que se observaria esse ano para manter os reajustes em apenas um dígito. A Enel atende 7,4 milhões de unidades consumidoras, cujo consumo de energia elétrica representa faturamento de R$ 16,8 bilhões.