Furnas conclui recomposição da LT de Itaipu

Cerca de 100 funcionários atuaram desde quarta-feira (14) na troca de uma torre da linha Foz do Iguaçu-Ibiúna na região de Capão Bonito (SP)

Furnas concluiu a troca da torre nº 1372 que caiu na região de Capão Bonito (SP) na última semana, diminuindo o escoamento de Itaipu ao Sistema Interligado Nacional (SIN) em 700 MW, já que o ativo integra a linha de transmissão em 600 kV e corrente contínua Foz do Iguaçu-Ibiúna, primeiro bipolo responsável por escoar a energia da hidrelétrica para a rede brasileira.


Foto: Élio Ferreira

Segundo a companhia as linhas foram energizadas e disponibilizadas ao Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) às 14:11 horas da tarde do último domingo, 18 de julho, com a montagem da nova estrutura tendo começando na quarta-feira, 14 de julho, envolvendo cerca de 100 profissionais de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e sem causar interrupção no fornecimento de energia para consumidores.

A operação, iniciada a partir do Plano de Atendimento a Emergências (PAE), contou com três caminhões (Munk e baú), guindastes, escavadeira hidráulica e ambulância, além de testes de Covid-19 e protocolos de higiene e segurança para os técnicos.