MDC e Solví Essencis Ambiental firmam parceria para produção de biometano em SP

Iniciativa contou com investimento inicial de R$ 40 milhões em uma planta de geração de biometano em Caieiras

Com o objetivo de ampliar a oferta do biocombustível renovável no estado de São Paulo, MDC, empresa de produção de biometano no país, e a Solví Essencis Ambiental, empresa de aterros sanitários no Brasil, fecharam um acordo que prevê um investimento inicial de R$ 40 milhões em uma planta de geração de biometano a partir da operação da Solví em Caieiras, município de São Paulo.

A parceria das empresas atende à demanda crescente dos consumidores industriais por energia renovável e às metas de descarbonização da economia da iniciativa privada e de governos do mundo todo. A unidade vai produzir inicialmente 60 mil m³/dia de biometano a partir de 2023, podendo chegar a 100 mil m³/dia. A oferta ficará disponível para os consumidores conectados aos gasodutos do estado de São Paulo, em especial para grandes clientes que buscam reduzir sua pegada de carbono.

A produção deste biocombustível evita a emissão de metano na atmosfera, um gás de efeito estufa, causador do aquecimento global e 25 vezes mais danoso que o gás carbônico. Além disso, o empreendimento também se insere no novo cenário regulatório, com a Lei do Gás e o Marco do Saneamento Básico, que podem impulsionar o “pré-sal” caipira, como é conhecido o biometano.