Aneel libera testes de UTE, CGH e UFV

Eólicas também receberam autorizações para operação em teste e comercial

Agência Nacional de Energia Elétrica autorizou para início da operação em teste, a partir de 04 de agosto, para fins de contabilização de sua energia, as UG1 e UG2, de 1,56 MW cada, da UTE CDR Pedreira I. Localizada no Município de Guarulhos e São Paulo, no estado de São Paulo. As UG1 e UG2, de 2,475 MW cada, da CGH Jacutinga. Localizada no Município de Ipumirim, no estado de Santa Catarina. A UG16, de 1,426 MW, da UTE Asja Jaboatão. Localizada no Município de Jaboatão dos Guararapes, no estado de Pernambuco. A UG1, de 1,25 MW, da UFV USF Bernardo Alimentos. Localizada no Município de Ji-Paraná, no estado de Rondônia.

Por último, para operação comercial, também para fins de contabilização de sua energia, a UG1, de 3,3 MW, da UFV Aeroporto de Salvador. Localizada no Município de Salvador, no estado de Bahia.

A Aneel liberou ainda, para operação em teste, a unidade geradora UG7, de 3,55 MW, da EOL Farol de Touros. Localizada no Município de Touros, no estado do Rio Grande do Norte. As UG1 a UG11, de 4,2 MW cada, da EOL Ventos de Santa Esperança 26. Localizada no Município de Morro do Chapéu, no estado da Bahia. As UG4 e UG5, de 4,2 MW cada, da EOL Campo Largo XII. Localizada no Município de Sento Sé, no estado da Bahia. As UG3 e UG5 a UG7, de 2,35 MW cada, da EOL Teiú 3. Localizada no Município de Pindaí, no estado da Bahia. E a UG7, de 4,2 MW, da EOL Vila Espírito Santo I. Localizada no Município de Serra do Mel, no estado do Rio Grande do Norte.

Para operação comercial, a agência reguladora autorizou as unidades geradoras UG1 a UG10, de 4,2 MW cada, da EOL Cumaru I. Localizada no Município de São Miguel do Gostoso, no estado do Rio Grande do Norte. E a UG8, de 4,2 MW, da EOL Ventos de Santa Martina 10. Localizada no Município de Ruy Barbosa, no estado do Rio Grande do Norte.