Leilão simplificado exigirá garantia de combustível e de conexão

Energia contratada será usada para recuperar os reservatórios das hidrelétricas nestas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Sul para o período de 2022 a 2025

O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica, André Pepitone, disse em evento de inauguração de um empreendimento de transmissão da Taesa, que a contratação de reserva de capacidade para as regiões Sudeste, Centro-Oeste e Sul para o período de 2022 a 2025 será simplificada.

O representante da autarquia disse que essa foi uma recomendação feita pelo Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) e ratificada pela Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética (Creg) e tem como objetivo permitir que seja feito um esforço de recuperação dos reservatórios das hidrelétricas nestas regiões, que apresentam os níveis mais críticos de armazenamentos.

“O procedimento simplificado está sendo estruturado e será feito o leilão pela Aneel mediante edital, que vai chamar essas empresas a apresentarem suas ofertas, tendo que apresentar garantia de combustível e de conexão. Vamos contar com essa energia adicional para permitir o replecionamento dos reservatórios”, comentou ele em coletiva após o evento ocorrido no último sábado, 11 de setembro.

Contudo, ainda não há uma previsão para quando a rodada será realizada, pois o edital ainda está sendo elaborado pela agência reguladora.