Empresas lançam aliança para democratizar carro elétrico no Brasil

Fundada pela 99, união vai impulsionar produção, adoção e infraestrutura para veículos sustentáveis

Aliança pela Mobilidade Sustentável, assim é chamada a iniciativa de nove empresas do setor de mobilidade urbana que estão se unindo para lançar uma coalizão que pretende democratizar os carros elétricos no Brasil. O projeto é liderado pela 99 e visa impulsionar a infraestrutura para veículos sustentáveis no país.

De acordo com os membros da aliança, o objetivo é que veículos de matriz energética mais limpa sejam acessíveis aos motoristas parceiros da 99, em termos financeiros e de infraestrutura. Entre as empresas aliadas, estão CAOA Chery, Ipiranga, Movida, Raízen, Tupinambá Energia, Unidas e Zletric. As principais metas da 99 com a parceria são: aumentar a participação de carros elétricos para 10% das vendas, criar 10 mil estações públicas de carregamento e ter 100% da frota do app até 2030. A missão da parceria é contribuir para o desenvolvimento do futuro do transporte urbano tornando as cidades mais verdes e seguras.

Para viabilizar o modelo no país, a aliança mira discutir formas para impulsionar toda a infraestrutura necessária à eletrificação da frota brasileira: criando postos públicos de recarga, diminuindo as barreiras para a aquisição de carros elétricos, facilitando seu aluguel entre motoristas de aplicativo, fornecendo apoio às montadoras e às outras empresas da cadeia, como fornecedores de peças para esses veículos, além do monitoramento da recepção pelo público.

A parceria é mais uma ação construída por meio do DriverLAB, centro de inovações da 99 que é 100% focado nos motoristas parceiros. Anunciado em 15 de março com investimento previsto de R$ 250 milhões nos próximos 3 anos, sendo R$100 milhões em 2022, o objetivo do DriverLAB é proporcionar mais bem-estar aos motoristas parceiros, com soluções de cuidado que ampliam seus ganhos, diminuem seus custos e promovem mais acesso a serviços.