Albras fecha acordo para fornecimento de energia solar de 815GWh

O projeto, chamado Boa Sorte, fornecerá energia renovável de longo prazo para a companhia

Uma parceria entre a Albras, Hydro REIN e a Atlas Renewable Energy possibilitará o desenvolvimento, a construção e operação de um projeto de autoprodução de energia em uma usina solar que será construída em Minas Gerais. A capacidade total instalada planejada é de 438 MW. O projeto, chamado Boa Sorte, fornecerá energia renovável de longo prazo para a Albras.

A empresa informou que no projeto de autoprodução assinou um acordo de compra chamado PPA (Power Purchase Agreement, em inglês) com a usina solar de Boa Sorte para um fornecimento anual de energia de 815GWh (aproximadamente 100 MW) no período de 2025-2044. Isso representa 12% da demanda anual de energia elétrica da Albras.

Após 37 anos de produção de alumínio, sendo abastecida exclusivamente pela Usina Hidrelétrica de Tucuruí, da Eletronorte, o acordo da Albras com Boa Sorte representa uma diversificação do fornecimento de energia e apoiará sua competitividade internacional a longo prazo. A usina solar de Boa Sorte é uma joint venture entre a Hydro Rein e a Atlas. A joint venture está aguardando a aprovação da autoridade de concorrência antitruste no Brasil (CADE). A construção da usina de Boa Sorte está planejada para começar no quarto trimestre de 2022, com início das operações previsto para o quarto trimestre de 2023. O fornecimento à Albras terá início no primeiro trimestre de 2025.