Sem bandeira de escassez hídrica, IPCA de abril fica em 1,06%

Apesar do fim do encargo, índice é o maior desde 1996

O IPCA de abril ficou em 1,06%, se posicionando 0,56 ponto percentual abaixo do registrado em março, de 1,62%.  Foi a maior variação para um mês de abril desde 1996, ano em que o índice chegou a 1,26%. No ano, o IPCA acumula alta de 4,29% e, nos últimos 12 meses, de 12,13%, acima dos 11,3% observados nos 12 meses  anteriores.

O grupo habitação, onde energia elétrica está inserido, foi o único com variação negativa, de 1,14%, puxado pela queda de 6,27% nos preços da energia. Com a entrada em vigor da bandeira verde em 16 de abril, acabou a cobrança extra na conta de luz. Desde setembro do ano passado, estava em vigor a bandeira de Escassez Hídrica, que acrescentava R$14,20 a cada 100 Kwh consumidos.