Aneel abre CP para revisão tarifária da CooperAliança até 9 de julho

Proposta traz efeito médio para o consumidor de 15,93%

A Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou abertura de consulta pública para colher subsídios e informações para a proposta de revisão tarifária periódica da CooperAliança (SC), bem como dos seus indicadores de qualidade para os anos de 2026 e 2027. A CP ficará aberta de 25 de maio a 9 de julho, com reunião virtual no dia 24 de junho.

A CooperAliança tem 42 mil unidades consumidoras e atende as cidades de Içara, Rincão e Jaguaruna. A proposta de revisão da agência traz efeito médio para o consumidor de 15,93%, sendo que na alta tensão esse impacto médio ficam em 13,66% e para os consumidores da baixa tensão, chega a 17,36%. Na composição da tarifa, a Parcela A responde por 7,4%, a Parcela B com 0,79% e os componentes financeiros com 7,73%. O DEC limite proposto é de 5 horas, sem alteração, enquanto o FEC limite proposto é de 4 interrupções.